Assim que o jogo contra o Avaí terminou, começou uma nova polêmica. O atacante Kleber ficou chateado com declaração de Arnaldo Tirone, presidente do Palmeiras, que disse que o atacante não teria grandes oportunidades no Flamengo. O time carioca ventilou enviar proposta para o presidente palmeirense.

“Eu não tenho que mostrar nada para ninguém. O Flamengo não iria pagar o valor que estão falando, R$ 7 milhões por 50% dos direitos, para colocar um jogador no banco. A própria presidente do Flamengo (Patrícia Amorim) me valoriza, só que o meu presidente não valoriza”, disse Kleber, na saída para os vestiários.

O presidente Arnaldo Tirone confirmou que não aceitará proposta alguma por Kleber, tranquilizando a torcida. “Se chegar uma proposta, eu tenho obrigação de ler. Mas, mesmo que chegue, o Palmeiras não tem interesse. Não precisamos desse dinheiro. O Kleber é patrimônio do clube. Em nenhum momento pensamos em nos desfazer dele”, disse Tirone.

O atacante reforçou o desejo de permanecer no Palmeiras. No decorrer da semana, a diretoria deve conversar com Kleber à respeito das declarações.

Comentários

comentários