Com golaço e boa atuação de Barcos, Palmeiras vence mais uma e chega na segunda posição, ultrapassando o Guarani.

Por Thiago Gomes

Sem Marcos Assunção, Palmeiras teve uma ótima atuação diante do Linense, venceu por 3 a 1 e chegou na segunda posição do Campeonato Paulista, com 25 pontos.

A vitória começou a ser construída logo no primeiro minuto: falta em cima de Maikon Leite que ele mesmo bateu. A bola desviou no zagueiro Wellington e foi para as redes. 1 a 0 Palmeiras, em Lins.

Na sequência, Leandro Amaro fez falta dura, sem necessidade, e acabou levando o terceiro cartão amarelo. Na partida diante do São Caetano, Felipão deverá promover a entrada de Maurício Ramos para o lugar de Amaro.

Com a vitória parcial, o Palmeiras fechou os lados do Linense e praticamente impediu o time de jogar. Tanto que a única oportunidade do time ocorreu aos 27 minutos do primeiro tempo, mas Márcio Araújo afastou o perigo.

Aos 30, uma pintura: Barcos recebe perto do meio campo, domina no peito, põe no chão e vai para frente. Aplica um lindo drible da vaca no zagueiro e encobre o goleiro. A bola, caprichosamente, toca o travessão e entra: golaço do argentino em Lins. 2 a 0 Palmeiras.

O jogo estava fácil demais para o Verdão. O time adversário tentava pelos flancos, pelo meio, mas não tinha sucesso. Esbarrava na falta de jogadores que pudessem concluir e armar. Antes do final do primeiro tempo, o Palestra chegou ao terceiro gol. Boa jogada de Juninho, bola na área e Daniel Carvalho, de cabeça, mandou no contrapé do goleiro, ampliando: 3 a 0 Palmeiras no primeiro tempo.

O Palmeiras foi melhor na ala esquerda do campo. Daniel Carvalho teve atuação impecável no primeiro tempo, distribuindo bolas, lançando e fazendo o papel que muitas vezes Valdívia não faz. Maikon Leite se movimentou bastante, dando trabalho, enquanto Barcos, além de rápido, foi goleador.

Para o segundo tempo, nada de novo. As duas equipes voltaram com o mesmo propósito, por incrível que pareça: segurar o resultado. O Linense não se preocupava em atacar e não invista forte nisso. O Palmeiras cadenciou a partida durante todo tempo que conseguiu.

Aos 22 minutos, Felipão percebeu que Carvalho já estava exausto (principalmente por causa do calor) e mandou Patrick para a partida. O Verdão caiu um pouco de rendimento e logo na sequência André Luiz diminuiu para o Linense: 3 a 1.

Felipão mandou Cicinho e Román para campo. O Palmeiras ainda teve boa chance com Maikon Leite, mas a partida terminou assim: 3 a 1 e mais uma vitória palmeirense no Paulistão. Em 2012, o time de Palestra Itália ainda não foi batido por nenhum outro clube. O Verdão pega o São Caetano, domingo, 16h, no Pacaembú.

FICHA TÉCNICA

LINENSE 1 X 3 PALMEIRAS

Local: Gilberto Siqueira Lopes, Lins (SP)
Data/Hora: 29/02/2012 / 22h (de Brasília)
Árbitro: Fabio de Jesus Volpato Mendes (SP)
Assistentes: Sérvio Antonio Bucioli (SP) e Junivan Rodrigues de Sousa (SP)
Cartões amarelos: Alexandre Silva, Pablo e Éder (LIN); Leandro Amaro, Márcio Araújo e Patrik (PAL)
Cartões vermelhos: –
GOLS: Wellington (contra), 1’/1ºT (0-1); Barcos, 32’/1ºT (0-2); Daniel Carvalho, 35’/1ºT (0-3); André Luiz, 29’/2ºT (1-3)

LINENSE: Douglas, Marcelo, Pablo, Anderson Luis e Alexandre Silva; Makelele, Elias, Ademir Sopa (Éder, 37’/1ºT) e Lenílson; Rhayner (Chimba, 38’/1ºT) e Wellington (André Luiz, 12’/2ºT). Técnico: Pintado.

PALMEIRAS: Deola, Artur (Cicinho, 40’/2ºT), Leandro Amaro (Román, 44’/2ºT), Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Chico, João Vitor e Daniel Carvalho (Patrik, 23’/2ºT); Maikon Leite e Barcos. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

 

Assista os gols de Linense 1 x 3 Palmeiras

Comentários

comentários