A Rede Globo de Televisão e seu departamento de jornalismo estão realmente perdidos em relação as notícias. Ontem durante alguns telejornais, foi noticiado que dois palmeirenses agrediram dois santistas em um posto de combustível na Zona Leste de São Paulo no final de semana. Um deles veio a falecer nesta quinta.

Os apresentadores foram bem claros quanto à relação dos palmeirenses na violência. César Tralli, do SPTV, reiterou que estava com ‘nojo’ de tal situação e que os torcedores deveriam ser punidos.

Nas imagens não é possível ver nenhuma camisa do clube e nem de torcida organizada. É possível ver que um dos agressores está com uma camiseta verde escura, mas sem qualquer identificação.

No Jornal Hoje, a reportagem mudou. Afirmaram que palmeirenses estavam envolvidos, mas que corintianos também poderiam estar por trás do crime. Segundo o programa, os alvinegros realizaram uma festa para comemorar o título do Brasileiro próximo do local da violência e que essa hipótese não foi descartada pela polícia.

Comentários

comentários