Foram pelo menos R$ 5,2 milhões emprestados por Nobre no mês de fevereiro. O valor corresponde à mensalidade do acordo de patrocínio com a empresa, que ainda não pagou o clube por divergências após uma ação de marketing palmeirense responsável por irritar a diretoria do grupo Crefisa-FAM.

LEIA MAIS:
Clube social tem aumento de preços e queda no número de frequentadores
Paulo Nobre trata CT do Palmeiras como ‘casa dos outros’
Palmeiras busca reforços para ‘abastecer’ Cuca
COMPRE AGORA! Camisas do Palmeiras com desconto diretamente da loja oficial. Confira
Que tal trabalhar com futebol e ganhar mais de R$ 2.000,00 por mês? É possível. Clique aqui

Crefisa e Palmeiras negociam aditivos no contrato antes da implantação do novo acordo, o qual prevê R$ 6,5 mi por mês aos cofres alviverdes.

Além de cobrir a parcela da patrocinadora, Paulo Nobre também tratou de quitar o pagamento do atacante paraguaio Lucas Barrios. O grupo Crefisa-FAM (Faculdade das Américas), conforme acordo entre as duas partes, também é responsável por transferir mensalmente o dinheiro para o Palmeiras pagar o salário do camisa 8.

O valor total do segundo investimento de Nobre em 2016 segue em sigilo.

O mais novo empréstimo de Paulo Nobre serviu para o Palmeiras evitar prejuízo contábil no último mês, apesar de a patrocinadora cessar o investimento. De acordo com o balanço de fevereiro, o futebol alviverde gerou superávit de R$ 5,3 milhões – uma parcela dos direitos de TV do Campeonato Paulista também ajudou.

O alívio nas finanças, contudo, corresponde a mais uma dívida do Palmeiras para com o presidente.

Em janeiro, para auxiliar nas despesas de contratações – foram oito novos jogadores -, Paulo Nobre emprestou R$ 8,9 milhões. A tendência é de que até o fim do ano, o presidente recupere este valor investido diretamente dos cofres do clube.

O novo empréstimo de no mínimo R$ 5,2 milhões também entra nesta nova conta. Ao invés de inserir o valor no fundo criado para receber o dinheiro palmeirense, Paulo Nobre também terá a flexibilização de retomar a quantia a qualquer momento.

Procurado pela reportagem para comentar as informações, o Palmeiras decidiu não se pronunciar sobre o assunto.

Fonte: ESPN

Comentários

comentários