O Palmeiras recebeu uma boa notícia nesta quinta-feira referente a situação do meia Gustavo Scarpa. A juíza Dalva Macedo, da 70ª Vara do Trabalho, determinou o bloqueio de R$ 200 milhões do Palmeiras. O objetivo era resguardar o Fluminense numa possível vitória no final do processo.

Nesta quinta, a desembargadora Dra. Mery Bucker Caminha, Vice-Corregedora do TRT, derrubou o bloqueio. Com isso o clube paulista não terá mais problemas com contas bloqueadas, assim como o jogador. A decisão confirma que nem clube e nem o atleta pagarão alguma coisa até o final do processo.

Em tempo: Scarpa está liberado para defender o Alviverde por conta de um habeas corpus. O processo segue em segredo de Justiça e ainda não tem data para conclusão.

Comentários

comentários