O Palmeiras venceu o Ceará pelo placar de 2 a 1 neste domingo, pela trigésima rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram anotados pelo volante Bruno Henrique. Arthur Cabral, reforço fechado com o Alviverde para 2019, diminuiu para o adversário.

Primeiro tempo
O Ceará começou melhor e assustou o goleiro Weverton. Meio perdido, o Palmeiras não tinha entrado de fato na partida. Mas aos 14 minutos tudo mudou. Edinho colocou a mão na bola dentro da área e, depois de muita reclamação, o juiz deu pênalti. O volante Bruno Henrique converteu: 1 a 0.

Mais tranquilo com a vantagem, o time de Felipão começou a rodar a bola e entender os espaços. Aos 34, mais um gol. Bruno Henrique recebeu, ajeitou e chutou de fora da área. A bola bateu na lateral da rede e não deu mínima chance de defesa para Everton: 2 a 0.

Perto do final do primeiro tempo, o centroavante Deyverson entrou de sola em Richardson e o juiz não perdoou: vermelho direto. Ao deixar o gramado, o palmeirense pediu desculpas ao torcedor mais uma vez. Foi a terceira expulsão na temporada.

Segundo tempo
Mesmo em desvantagem numérica dentro de campo, Felipão não mexeu no time. E de forma extraordinária, o Alviverde quase marcou dois gols em sequência. Se tivesse objetividade, teria fechado a tampa do caixão.

No contra-ataque, o Ceará diminuiu. Leandro Carvalho recebeu pela direita e passou fácil por Bruno Henrique. Chutou para dentro da área, o zagueiro Antônio Carlos não cortou, e Artur Cabral diminuiu: 2 a 1.

Felipão optou por colocar Dudu na partida e apostou na velocidade. Jean já tinha deixado o campo para a entrada de Mayke. O time ganhou mais profundidade e Willian, com a velocidade à seu favor, perdeu duas grandes chances antes do apito final.

Na quarta-feira, o Palmeiras viaja para a Argentina e enfrenta o Boca Juniors em La Bombonera.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 x 1 CEARÁ

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 21 de outubro de 2018, domingo
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro – GO
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (GO) e Cristhian Passos Sorence
Público: 33.355 pagantes (36.323 total)
Renda: R$ 1.178.690,00

Cartões amarelos: Bruno Henrique, Lucas Lima, Mayke e Hyoran (PALMEIRAS); Samuel Xavier e Richardson (CEARÁ)
Cartão vermelho: Deyverson (PALMEIRAS)

GOLS:
PALMEIRAS: Bruno Henrique, aos 17 e 34 minutos do primeiro tempo
CEARÁ: Arthur, aos nove da etapa final

PALMEIRAS: Weverton; Jean (Mayke), Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique (Moisés) e Lucas Lima; Willian, Hyoran (Dudu) e Deyverson
Técnico: Luiz Felipe Scolari

CEARÁ: Everson; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Alves e Felipe Jonatan (Ricardinho); Edinho (Ricardo Bueno), Richardson, Calyson, Juninho Quixadá (Felipe Azevedo) e Leandro Carvalho; Arthur
Técnico: Lisca

Comentários

comentários