O presidente Mauricio Galiotte, da SE Palmeiras, concede entrevista coletiva com a presidente da Crefisa, Leila Pereira (E), para anunciar a renovação do contrato de patrocínio com o clube, após treinamento, na Academia de Futebol.

O Palmeiras segue muito bem no Campeonato Brasileiro e na Copa Libertadores da América. Disputa ambos os títulos e com chance de taça. Em novembro, o clube passará por outro grande momento: as eleições presidenciais.

O atual presidente, Maurício Galiotte, disputa a reeleição contra seu primeiro vice-presidente, Genaro Marino. Ambos estão rachados e Genaro não participa de forma ativa da governabilidade do clube.

Em entrevista para a TV Gazeta, Galiotte falou que o novo contrato com a Crefisa já está encaminhado. “Da minha parte, como palmeirense, como dirigente, vou fazer com que a Crefisa e FAM fiquem para sempre. Esse é o meu papel como dirigente, eu não posso responder por eles (Leila Pereira e Roberto Lamachia, proprietários das empresas). Com certeza, se a eleição for favorável a nós, o patrocínio será renovado”, disse.

Caso Genaro vença as eleições, Leila Pereira e José Roberto Lamacchia vão deixar de patrocinar o Palmeiras. Em entrevista recente, Leila já admitiu que terá dificuldades de trabalhar com pessoas próximas ao ex-presidente Paulo Nobre, seu desafeto.

O atual acordo com a patrocinadora termina em dezembro.