O Palmeiras goleou o Melgar pelo placar de 4 a 0 e se classificou para as oitavas de final da Copa Libertadores da América. O excelente resultado na altitude não foi o bastante para manter a tranquilidade.

Após a partida, um grupo de torcedores ofendeu os atletas reservas que faziam preparação física em campo. Revoltado, Felipão discutiu e rebateu as ofensas.

Prestes a embarcar para o Brasil, Maurício Galiotte, presidente palmeirense, conversou por mais de 40 minutos com Felipão e apaziguou a situação. Galiotte convenceu o técnico de que foi um ato isolado e que a opinião dos torcedores não representa a opinião da diretoria palmeirense, que entende o trabalho como primoroso.

No domingo, Palmeiras e Fortaleza se enfrentam no Allianz Parque pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.